2006/11/29

porque a vida é vazia e absurda

fillings...
nothing more than fillings...

fillings, o, o, o, o, o, fillings...

2006/11/28

aimeemagnoliamann

almoço com tv-cabo

num canal qualquer dizia-se: "cuidados a ter com a utilização de tênis com rodinhas"...
gostei.
é bom ter acesso a informações úteis durante a hora de almoço.
a sério.
estou a falar a sério.
é que, parecendo que não, é um assunto que interessa a muita gente.
não é todos os dias que se contacta com esta realidade, mas que ela existe existe.
enfim, esta é a minha opinião acerca dos "cuidados a ter com a utilização de pénis com doninhas".

bidente (um canino em cima e um incisivo em baixo)

se o homem-invisível me aparecesse assim tipo amanhã à tarde ou assim dir-lhe-ia:
- bem aparecido! não há quem te veja.

cresce e aparece

se deus me aparecesse assim tipo amanhã à tarde ou assim dir-lhe-ia:
- bem aparecido! não há quem te veja.

rapina

como deveis já ter reparado, eu roubo as fotos aqui presentes (excepto em ai tuk deese e afins).
daí que aconteçam coisas giras.
ide ver o post "estou a ficar velho" e podereis constatar a veracidade daquelas palavras.

camisas de vénus

ronda nocturnae


batem-me na porta de rompante
sobressalto-me com a fúria da batida
o seco som torna-se cortante
o torpor do corpo é carne viva

procuram o que nada sabe e diz
procuram o que sonha e que não é
procuram o que não tem país
procuram o que está longe aqui ao pé

de nada adianta a sua busca
não vale a pena o esforço e a procura
na noite há uma luz que o ofusca
vivendo ele num tempo que não dura

não pretendo vender a submissão
não fujo como foge um animal
responderei agindo em inacção
de vida interna viva nem sinal

eles saiem com seu espúrio resultado
de tentar prender quem a si prende
e resto só em corpo inanimado
que está só morto para quem não entende.

mula inox

nada para dizer.
é só uma expressão que tende a acompanhar-me nos últimos tempos. tem uma sonoridade punk-progressista ou então faz lembrar electrodomésticos, mas daqueles para usar na cuzinha.

a explorar num futuro próximo, bem como as potencialidades da imagem de comer melão na cama.

2006/11/21

falta de ar.

ele - .. é uma chatice. quando eu estou nos sítios as estradas boas ainda não estão prontas. na altura em que eu apanhava o ic19, aquilo tudo em obras...
eu - pois.. é uma carga de trabalhos.
ele - eu apanhei os estrangulamentos e tudo...
eu - pois... os estrangulamentos são um sufoco.
ele - ... tu és de quê?
eu - de esferovite.
ele - de quê?!
eu - de fácil digestão.
ele - ...aaaaaaaaaaaaa... já tocou, pois já? são que horas?
eu - é tarde.
ele - essa conheço, é dos gato fedorento.
eu - não. é mesmo tarde para quem vai dar aula. já tocou há um bocado...
ele - ai tu não vais dar aula? é que eu pensava... vi-te por aqui...
eu - não, não vou.
ele - ok. até logo!
eu - cuidado com a.. essa poça de água.

sade is stronger than masoch

2006/11/16

filigrana

ó pai, compras-me isto para o natal?

ai as estrangeiras, as estrangeiras...

- eu gosta muita de os porrtuguesses e das sua incongrruênce, muita poesia, muita tristess, muita entusiasm, muita passion, uma atitud muita melancólica...
- aaaaaaaaaa... é... é a marca da nossa latrinidade.
- comu a tua piquena moustache...
- vai mazé chamar pequenó caralh.....

i felt the urge to upload some shit

eu fui ao jardim rupestre, giroflé, giroflá,
o que foste lá fazer?, giroflé, flé, flá,
fui buscar uma gravura, giroflé, giroflá,
o que tem essa gravura?, giroflé, flé, flá,
tem um auroque gravado, giroflé, giroflá,
e o que é um auroque?, giroflé, flé, flá,
é um mamífero já extinto, giroflé, giroflá,
e quem foi o seu extintor?, giroflé, flé, flá,
foi aquele da parede, giroflé, giroflá,
onde fica essa parede?, giroflé, flé, flá,
fica na zona da linha, giroflé, giroflá,
afinal que linha é essa? giroflé, flé, flá,
é a que está na travessa, giroflé, giroflá,
que é que tem de especial?, giroflé, flé, flá,
destrói o septo nasal, giroflé, giroflá,
o septo ou outros tecidos?, giroflé, flé, flá,
julgo que é só o septo, giroflé, giroflá,
o que queres dizer com isso?, giroflé, flé, flá,
que é só o sebto dasal, giroflé, giroflá,
e por que não a mucosa?, giroflé, flé, flá,
porque eu vi na telvisão, giroflé, giroflá,
e em que canal é que viste?, giroflé, flé, flá,
vi no canal auditivo, giroflé, giroflá,
ai não foi do panamá?, giroflé, flé, flá,
eu não tenho tv-cabo, giroflé, giroflá,
só tenho os quatro canais generalistas, giroflé, flé, flá,
mas ainda bem que falas nisso porque até pode ser que neste natal, giroflé, giroflá,
eu adquira o necessário equipamento de recepção de satélite de modo a poder visionar a imensidade de conteúdos, giroflé, flé, flá,
acessível a todos aqueles que têm ao seu dispor um espectro cada vez mais alargado de oferta televisiva e assim, deste modo, condicionam a sua existência a uma passividade de espectador não espectante em relação às condicionantes possibilitadores de uma eventual, giroflé, giroflé, giroflá, giro, o flã, fléééééé, flá, flácido, ffllléééééé.... i believe in zoidberg, giroflá, e, i, o, u... gira é gira esta berlaitada que te dou, times new roman sucks, o cantil rebolou-me pelo alcantilado, amália lives in baltimore, a sacana.

só para ser do artnoc

esta chuva toda faz-me pensar em seca extrema, em lama a secar ao sol, a abrir brechas...
lama com brechas.

lama com brechas é lamechas.

laranjas do campo, frangos da bahia

existe o conceito "frangos do campo" (independentemente de os que são comercializados em portugal serem produzidos em frança nuns aviários xpto e depois é só levarem o carimbo).
ora, este conceito atraiu a minha atenção (a rapariga bonita e ucraniana (por esta ordem) da área de charcutaria saiu momentâneamente do meu campo visual): FRANGOS DO CAMPO... é bonito, pensei.
- é só?
- olhe - disse eu - eu conheço um fulano chamado vitor baía que uma vez foi à madeira e descobriu uma variedade diferente destes frangos: frangos do meio-campo. tem?
- não percebi...
- como é que se chama?
- frango... do campo.
- ok... bem, vou andando que me parece que estou ali a ver a maria bethânia a chamar-me...

2006/11/15

continuo cansado deste blog

mas isso não me deverá impedir de vir aqui colar com cuspo imagens mais ou menos baças...
a todas as pessoas que frequentam isto, de quem eu gosto de tantas maneiras diferentes ( e nem sempre no banco de trás do carro do outro): ficai sabendo que não foi para ter fid beck que eu escrevi o post, foi porque estava mesmo cansado deste blog.

apesar do fid beck ser uma boa forma de preliminares....

nanismo

a nan disse uma grande verdade:
a goat without a plane is just a fish.

2006/11/14

(suspiro)

cansei deste belogue.

cultura geral

óbvia mente

quem passou ontem, entre a meia-noite e a uma da manhã, na ponte salgueiro maia (é assim o nome, não é? ou será ele inca, azteca ou do sanjoanense?...) compreenderá facilmente que...

offense-deffense

- ó pá, não tens escrito nada lá no teu blog...
- ... e se tu fosses pró arquivo e não me chateásses, hã?

2006/11/13

2006/11/07

lacuna matata

os posts abaixo apresentados estão muito acima das minhas possibilidades!

vistoria

- viste o dini?
- houdinni? vi. quer dizer, ainda agora estava ali, ali em cima, preso com correntes e... e... é impressionante!
- bem, viste ziu ou não, anão?

gnadentod

ok, my dearest hildegard, this time you can stay on top... don't worry, i'll be fine.... just fine... really, i'll be okay... of course i can handle it... i'm almost sure i can... honestly, don't mind me or my well being...

dildoland ou "mierda e puerra que me matas así"

gina, lola, brígida!

- vinde aqui, piquenas! vinde ao vosso consultorzinho de imagem favorito que eu pretendo falar-vos de bigoudis, goudis, goudis...
- (em coro) - hoje não vai dar...
- então, vá lá... dou-vos cristal, mescalina, peyote, vicodin...
- (em coro mas de modo diferente e não necessariamente para melhor) - não tenho nada e tenho tenho tudo...
-
allright!! who wants to be braded?

2006/11/06

água doce

I sit by the harbour
The sea calls to me
I hide in the water
But l need to breathe

You are an ocean wave my love
Crashing at the bow
I am a galley slave my love
If only I would find out the way
To sail you...
Maybe I'll just stow away...

I've been run aground
So sad for a sailor
I felt safe and sound
But needed the danger

You are an ocean wave my love...

martha's harbour - all about eve

slit

animada lâmina
de fio refulgente
conta-me uma história
com final feliz.

telemóvel de segunda geração

- onde estás?
- aqui...
- quando vens?
- assim que puder.
- o que estás a fazer?
- não perguntes...

hiper-poem

meti, gulosa, a mente...
meticulosamente.

meti gulosamente!

2006/11/03

vaporetto

vi o cláudio ramos na tv e gostei. gostei muito.
muitíssimo.
ri.
ri muitíssimo.


foi um dia bom.

muito a sério

estive a olhar com atenção para este blog (coisa que raramente faço) e cheguei à conclusão que o mês de maio é dos mais interessantes.
é pena a maior parte das fotografias rapinadas de outros sítios (com especialíssimos destaque para "as três graças") já não estarem disponiveis, mas isso são ossos de quem anda à chuva...

também vi outra coisa interessante mas não neste blog. mas como é casadíssima e vive um bocado fora-de-mão não adianta falar nisso. aliás, só o referi porque o cabelo assim curto lhe fica muito bem...

"o mundo como vontade e representação"... pois...
se eu quiser posso ter fantasias sexuais com a ministra da educação.
e acho socialmente condenável que só uma ínfima percentagem da classe docente o possa fazer.

falando de mulheres com poder, a mary j. blige tem power. isto pode ser confirmado em vários documentos, mas aconselho o videoclip da canção "one" com os U2 pelo simples facto de esse mesmo documento conter uma cena belíssima em que se veêm os gafanhotos expelidos por bono vox em contra-luz...

.... pois, pois....

(eu tinha decidido fazer um texto grande para dar estilo. uma grande mancha gráfica custa a ler e raramente é lida, mas dá a impressão que quem a produz tem algo de grandioso a dizer...)

dizem que os opostos se atraem, mas para isso é preciso ter os protões no sítio:
Quando duas espécies se convertem uma na outra por cedência ou ganho de protões, estas constituem um par ácido/base conjugado.
Ex:NH3(g) + H2O(l) NH4+(aq) + HO-(aq)
Pares ácido/base conjugados:
NH4+/NH3 e H2O/HO-

(bem, para mancha gráfica, deve chegar... agora com as despedidas e tal a coisa tá pronta)

agora, como diria sousa vaidoso, despeço-me com amizade e até uma próxima oporto needad.
para todos vós que sois pessoas de acção, bem ajam.

married to the sea

2006/11/02

convocatória

- sempre tiveste fantasias exóticas com a minha pessoa, não foi?
- sim. nos trópicos.
- não te vi nos trópicos quando lá estive. e então que tu nessa altura devias ter praí uns 14 ou 15 anos, essa idade tão perturbante na vida de uma mulher...

thorn...



























este será o último post desta série (thorn). deste modo, é este o espinho definitivo.

finalmente os naperons...




















já não falta tudo para que isto seja um blog interessante...

pruridinho beista...

reescrever parte da canção "cripple and the starfish" do anthony and the johnsons é assim tipo pintar mais um círculozinho ou um quadradinho num kandinsky, não é?

his master's voice

hoje acordei muito cedo e deu-me para ler jornais logo de manhã...
e as palavras, outras que não as do costume, de leonard cohen não me saem da cabeça:
there is a war between the ones that say there is a war and the ones that say there isn't.